Instituição atua há 26 anos no atendimento de crianças na região do Capão Redondo, Zona Sul de São Paulo. São mais de mil famílias assistidas, 70% delas tem idosos em casa ou pessoas com doenças consideradas do grupo de risco. Outra parte, já perdeu o emprego ou tiveram renda arrasada pela quarentena.

Focada em educação e alimentação, a Casa do Zezinho se antecipou à pandemia de Coronavírus. Desde 19/03 está distribuindo cestas básicas e kits de higiene para as famílias atendidas. Até o momento, foram entregues cerca de 500 cestas e kits. No entanto, o desafio é ainda muito grande. A meta é atender todas as 1300 famílias atendidas com kits com cestas básicas, álcool em gel, água sanitária e sabonetes, durante todo o período de quarentena.

“Assim que começaram os casos, já quis me antecipar. Nosso compromisso vai além das atividades diárias das crianças, queremos ser um ponto de apoio, carinho e amor com todas as famílias. Felizmente, conseguimos uma parte e tivemos que priorizar os casos mais problemáticos. Meu plano não é apenas entregar de uma vez só. Vou entregar e abandonar? Vamos manter as entregas com a ajuda de nossos parceiros até quando for necessário” – diz Dagmar Rivieri, 65, mais conhecida como Tia Dag, pedagoga e presidente da Casa do Zezinho.

O Capão Redondo, além de lidar com seus já habituais problemas, enfrenta a expectativa de um aumento brusco de casos. “Aqui, grande parte dos idosos mora com filhos e netos. Já não se encontra álcool em gel nas farmácias, máscaras então são sonho! O território possui mais de 50 favelas e 1,5 milhão de habitantes, em média mais de 5 pessoas por domicílio, que são em sua maioria muito apertados! Além disso, há bairros com esgoto a céu aberto passando ao lado” – analisa a presidente.

A Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social (SMADS), da prefeitura de São Paulo, possui convênio com a Casa. Ela irá auxiliar institucionalmente e contribuirá para distribuição de mais cestas básicas e kits higiene.

Além da prefeitura, 50 doadores, um grupo de +80 empresários, apelidado de Bonde do Zezinho, e parceiros como o Grupo JRC e Brassinter contribuíram para a ação. Visando ampliar a ação e facilitar doações feitas online, a instituição criou uma vaquinha virtual (crowdfunding) pelo site Kickante. As contribuições podem ser feitas pelo link:

https://www.kickante.com.br/campanhas/sos-casa-do-zezinho-ajude

Outra forma de apoiar a Casa do Zezinho, além de doações financeiras, é através do envio de notas fiscais sem CPF.

“Em um momento como esse, toda ajuda é bem-vinda e pode salvar inúmeras vidas, se não consegue ajudar no momento, divulgue para nós, por favor” – pede Tia Dag.

Veja abaixo as formas de ajudar:

– Vaquinha virtual: https://www.kickante.com.br/campanhas/sos-casa-do-zezinho-ajude

– Nota Fiscal Paulistana: Pode enviar o cupom fiscal ou nota SAT sem CPF para o WhatsApp da Casa do Zezinho, por meio do celular: +55 11 97451-2110

– Doação pelo site da instituição: www.casadozezinho.org.br

– Doações via conta corrente
Associação Educacional e Assistencial Casa do Zezinho
CNPJ 74.566.035/0001-29

Banco Itaú(341)
AG. 0738
C/C 01212-9

Banco Bradesco
AG. 0837-0
C/C 69647-1

Doações Internacionais:
Associação Educacional e Assistencial Casa do Zezinho
CNPJ 74.566.035/0001-29

Banco Bradesco S/A – 237
Agência João Dias nº 0837-0
Conta Corrente n° 69647-1

CONTATO PARA IMPRENSA
Nome: Luiz Gonçalves
Telefone: (11) 99313-1888
E-mail: luiz.felipe@casadozezinho.org.br
Website: novo.casadozezinho.org.br/

Sobre a Casa do Zezinho
A Casa do Zezinho é uma organização social sem fins lucrativos, localizada no extremo da zona sul de São Paulo, local também conhecido como Triângulo da Morte, na Subprefeitura do Campo Limpo, uma região com aproximadamente 1,2 milhão de habitantes.
Fundada em 1994 para ser um espaço de desenvolvimento das potencialidades humanas e de atuação para crianças, jovens e idosos oriundas de famílias com baixa renda. Começou com 7 crianças e hoje atende, anualmente, mais de 1.500 Zezinhos de ambos os sexos, com idade a partir de 6 anos, oferecendo educação complementar, arte, cultura e oficinas introdutórias ao mercado de trabalho.
Nosso objetivo é possibilitar aos Zezinhos a autonomia sobre seu futuro, através da atenção e do carinho, dando-lhes o direito de sonhar.

Site: Casadozezinho.org.br
Facebook: Casadozezinho
Twitter: Casadozezinho

IMAGENS

https://drive.google.com/drive/folders/1GCCS5cHlY6JVI_GhVg_66emK0CoqKqzI?usp=sharing